Translator



“Seguiu-se a estes outro anjo, o terceiro, dizendo, em grande voz:
Se alguém adora a besta e a sua imagem e recebe a sua marca na fronte ou sobre a mão, também esse beberá do vinho da cólera de Deus, preparado, sem mistura, do cálice da sua ira, e será atormentado com fogo e enxofre, diante dos santos anjos e na presença do Cordeiro. A fumaça do seu tormento sobe pelos séculos dos séculos, e não têm descanso algum, nem de dia nem de noite, os adoradores da besta e da sua imagem e quem quer que receba a marca do seu nome."

            OU           

"Aqui está a perseverança dos santos,

"Então, ouvi uma voz do céu, dizendo: Escreve: Bem-aventurados os mortos que, desde agora, morrem no Senhor.
Sim, diz o Espírito, para que descansem das suas fadigas, pois as suas obras os acompanham."
 Apocalipse 14:13


"Depois destas coisas, vi descer do céu outro anjo, que tinha grande autoridade,
e a terra se iluminou com a sua glória."

"Então, exclamou com potente voz, dizendo: Caiu! Caiu a grande Babilônia e se tornou morada de demônios, covil de toda espécie de espírito imundo e esconderijo de todo gênero de ave imunda e detestável, pois todas as nações têm bebido do vinho do furor da sua prostituição. Com ela se prostituíram os reis da terra. Também os mercadores da terra se enriqueceram à custa da sua luxúria."

"Ouvi outra voz do céu, dizendo: Retirai-vos dela, povo meu, para não serdes cúmplices em seus pecados e para não participardes dos seus flagelos; porque os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou dos atos iníquos que ela praticou." Apocalipse 18:1-5



domingo, 15 de março de 2009

"A" Esperança



Acabo de chegar do almoço, literalmente, 13:00 horas de 11 de março de 2.009. Estive em um restaurante self-service de uma amiga. Algumas vezes vou lá no "dia internacional da feijoada" porque sei que fazem o feijão preto separado das carnes de porco.

Até aqui nenhuma novidade.

Mas havia uma senhorinha sentada à mesa do meu lado esquerdo. Ela me observa e eu não entendo bem o porquê de tantos olhares. Ela termina de almoçar e se levanta, com outra pessoa já à espera da desocupação da mesa, mas demora-se neste processo. Repentinamente para ao meu lado, confesso que a primeira mensagem de meu cérebro é que vai me pedir alguma coisa, no entanto, pergunta: "O senhor é evangélico?"

Sinto vergonha pelo preconceito que tive.

Respondo que sim, ela amorosamente me abraça e pergunta em meu ouvido: "Jesus vai voltar, não vai?", começa a chorar. Dando-lhe um beijo e um abraço respondo mais uma vez que sim e ela com os olhos marejados faz nova indagação: "O senhor é de x denominação?" Agora em vez do preconceito, a soberba. Mais uma vez meu cérebro me trai trazendo como primeiro pensamento algum tipo de luz que brilharia por ser de x denominação. Digo que sim e ela me diz que também o é.

Novamente vergonha.

Trocamos mais algumas palavras, descobrimos que frequentamos Igrejas próximas e ficam no ar os convites que sinto talvez não contem com o atendimento respectivo. Com um sorriso doce nos lábios e os olhos ainda molhados, se despede. A sábia senhorinha, "Dona" Zeni, fez apenas a leitura dos sinais. Observou-me orando antes de iniciar a refeição, analisou o que eu estava comendo e traçou rapidamente o quadro que estava à sua frente.

Eu, tão atento à ocorrência de "sinais" proféticos, que têm pululado em nossos dias, fui incapaz de notar a presença de uma irmã de fé sentada bem ao meu lado. Imagino então quantas pessoas sedentas pelas verdades eternas, o bálsamo da graça e as boas-novas da salvação passam pelo meu caminho sem serem também notadas.

Vergonha.

No caminho de volta penso sobre ter "uma" esperança em contraste com ter "A" Esperança. Louvado seja o nome do Senhor Jesus, porque o Reino é realmente dos "pobres" de espírito, que choram sim, que têm sede de justiça sim, mas são mansos, misericordiosos e puros de coração. Estes verão a Deus.

A lição que se fixa em minha memória é a de que a boca fala do que o coração está cheio.

Sim, porque para estes "escolhidos" não é que o mundo não tenha brilho. Na verdade, a única Luz que o próprio mundo lhes permite ver é A que hoje já brilha como por espelhos em seus corações. Ela mesma um dia surgirá através de uma inicialmente pequena nuvem, de longe escura, é certo, porém que ao maior se tornar, traz em meio à Sua própria majestade, o Reino que lhes foi prometido. Então verão finalmente, face a face, quem fez a promessa, pois a luz se chama Jesus.

Bem aventurados...

Que Esperança!


"E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas." Apocalipse 21:4


video

Deus o abençoe.

Autor: DDP
Fonte: Diário da Profecia


Nenhum comentário:

Postar um comentário